domingo, 2 de agosto de 2015

Mulher virtuosa

Bom dia amados!!!
Estou num propósito de oração por 30 dias pelo meu esposo, e, em um desses dias, na página onde comecei a acompanhar esse propósito encontrei algo que chamou minha atenção, pois muitas mulheres distorcem Provérbios 31 ou interpretam da maneira errada, e, nesse texto mostra com clareza as obrigações da esposa de forma a acrescentar em seu casamento, de honrar o esposo e ser uma mulher virtuosa ao invés de tola. Espero que lhes acrescente como acrescentou em minha vida:

ESPOSA… DOIS CAMINHOS, UMA ESCOLHA
A mulher virtuosa é a coroa do seu marido; porém a que procede vergonhosamente é como apodrecimento dos seus ossos. (Provérbios 12.4)
A coroa é usada no alto da cabeça. Representa distinção, honra e soberania. A Palavra de Deus diz que a esposa virtuosa é a coroa do marido. A Bíblia coloca a mulher virtuosa em destaque nesse versículo. Mas que virtudes são essas afinal? Quais são as qualidades que uma esposa virtuosa possui? Vejamos:
A coroa é vista por todos. Ela confere destaque aquele que a usa. Certamente quem tem uma coroa sobre a cabeça, não passará despercebido! Uma coroa bonita chama a atenção! As pedras preciosas incrustadas nela conferem-lhe esplendor! E a Palavra de Deus também diz, em Provérbios 31.10 que o valor de uma mulher virtuosa, muito excede o de pedras preciosas! As nossas virtudes, as nossas qualidades, conferem honra, destaque e respeito ao nosso marido. Ele é respeitado em público, é honrado e estimado entre os outros. A sua virtuosa esposa lhe confere tal brilho, tal destaque, que não há como não percebê-lo em meio à multidão!
O homem que possui uma coroa sobre a cabeça, (uma esposa virtuosa), caminha de forma confiante. É um homem que emana autoconfiança. Todos que o cercam percebem que esse homem é comprometido com seus deveres. Sabe de suas responsabilidades e não foge a elas. Pois ostenta a sua coroa com convicção da posição que ocupa e da responsabilidade que lhe é inerente. E essa convicção, essa autoconfiança, é construída em casa, por sua sábia esposa.
Uma mulher sábia é uma mulher preocupada em edificar o seu lar. Provérbios 14.1 diz que a mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola o destrói com as próprias mãos… E como uma esposa pode construir a autoconfiança de seu esposo?
-Reconhecendo o seu valor perante Deus, sua família e sociedade.
-Elogiando suas qualidades, iniciativas e conquistas.
-Reconhecendo o valor do trabalho que ele executa.
-Animando, incentivando, ajudando e acreditando no potencial e ideal dele.
-Respeitando- o como homem, marido e líder da casa.
-Cuidando do seu bem estar.
-Dando atenção ás suas necessidades.
-Providenciando um ambiente tranqüilo, acolhedor e prazeroso em casa. De modo que o lar seja um refúgio no qual ele anseie estar.
A Palavra de Deus também adverte as esposas de que aquela que procede vergonhosamente é como podridão dos ossos de seu marido! Já observou uma esposa que envergonha o seu marido? Vejamos alguns exemplos:
-Ela interrompe o marido enquanto ele está falando. E muitas vezes, ela toma a palavra e ainda o corrige em frente a todos!
-Critica o esposo em público e em particular. O abençoado tem a impressão de que não faz nada direito. Nunca nada está bom!
-Gasta o orçamento da família de maneira irresponsável.
-Se queixa do esposo para todos.
-Exalta as falhas e insucessos do marido.
-É desleixada e desorganizada com a casa.
-É desleixada com os filhos e consigo mesma.
As características que acabei de citar, pertencem a mulher tola que Provérbios 14.1 se refere. Aquela que destrói a sua casa com as próprias mãos!
A Bíblia Sagrada faz muitas referências ao papel que a mulher exerce na vida do esposo. Podemos ser uma coroa sobre a cabeça do nosso esposo, ou como a podridão nos seus ossos… Podemos ser sábias e edificar o nosso lar, ou tolas e derrubá-lo com as nossas próprias mãos! Podemos ser uma esposa mais valiosa do que pedras preciosas, ou tão insuportáveis como a mulher rixosa, que a Palavra de Deus compara a uma goteira, em Provérbios 27.15!
A esposa tem em suas próprias mãos, o poder de definir que tipo de lar ela quer ter e construir. Que tipo de esposa ela quer ser. E que tipo de influência ela quer exercer na vida de seu marido.
Amada irmã, nós podemos escolher… Escolher edificar ou derrubar. Construir ou destruir. Deus nos deu essa missão. A missão de edificarmos um lar que reflita a SUA glória. Possuímos as habilidades necessárias para essa edificação. Temos talentos e dons que nos permitem edificar um lar que seja um pedacinho do céu aqui na Terra… Mas ainda assim, podemos escolher entre a edificação e destruição… Se você tem um lar nas mãos. Um lar só seu. Um lar para cuidar, amar e administrar… Não jogue essa bênção fora amada irmã… Pois enquanto você não assumir o seu fundamental papel de esposa… “Alguém” astuto e sagaz estará com as rédeas nas mãos… Não percamos tempo, pois o inimigo de nossas almas está atento e ansioso para destruir a nossa família! Muitas famílias têm sido destruídas pelas mãos de uma esposa tola. Sejamos sábias amadas irmãs. Sábias e virtuosas. Sejamos mulheres que buscam conduzir as suas vidas e seus lares segundo o coração de Deus.
Deus abençoe o seu lar!
Miss. Rosileni