quarta-feira, 28 de junho de 2017

As palavras podem abençoar ou amaldiçoar...

Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz a cura. Provérbios 12:18

Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Efésios 4:29

Esses versículos nos mostram que o Senhor não se agrada quando saem da nossa boca palavras de baixo calão, ou seja, palavrões, que só servem para amaldiçoar, ofender e alegrar o inimigo de nossas almas: o diabo. Cada vez que desobedecemos um mandamento do Senhor, o inimigo se alegra e se sente vitorioso com isso. Através das nossas palavras podemos tanto abençoar as pessoas como amaldiçoar, e, os palavrões não servem para outra coisa, senão amaldiçoar a vida de alguém, planos, etc.

Que possamos compreender que da nossa boca só devem sair palavras de bençãos, de alegria, sair apenas palavras que gostaríamos de ouvir das pessoas...
Existem palavras que saem da boca de algumas pessoas que são tão fortes que acabam com a vida de quem a recebe...
Uma mãe que chama seu filhos de retardado, lixo, inútil, entre outras palavras receberá o retorno disso: se mais pra frente seu filho for um "zé ninguém", como se diz, sem interesse por nada, ou uma pessoa que todos magoam, riem, ou alguém que não venceu na vida, a culpa é de quem? Das palavras lançadas na vida dele anos atrás pela sua própria mãe. Amados, que tenhamos cuidado com as palavras que saem de nossa boca, porque veja na palavra:

Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa? Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce. Tiago 3:11,12


Não existe desculpas para tal atitude amados. Não tem como se justificar... Toda palavra lançada terá consequências, sejam boas ou ruins....
Vamos vigiar para que possamos apenas lançar palavras de bençãos seja para quem for amados....
Que Deus fale mais aos corações...