sexta-feira, 23 de junho de 2017

Deus é digno de toda adoração...

Como é bom render graças ao Senhor e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo; anunciar de manhã o teu amor leal e de noite a tua fidelidade, 

Salmos 92:1-2

Bom é adorar e louvar ao nome do Senhor Jesus com todo nosso amor, nossa alma, nosso entendimento, e sinceridade do nosso coração. Desde que me converti sempre achei a parte do louvor mais difícil de seguir porque é um desafio e tanto estar no centro das atenções, e não deixar isso subir a cabeça, quando muitos vem elogiar, exaltar, e, para mantermos nossa posição de servos é necessário que Ele cresça e nós diminuirmos. Quando estamos no centro das atenções é comum ver pessoas vindo elogiar, de forma que nos exalte, mas temos que ter os pés no chão e não permitir que isso aconteça dentro de nós, poque Deus conhece nosso coração, nosso intimo, e nosso oculto, e sabe das intenções do nosso coração... Quando as deixamos esse sentimento de "estrelismo" entrar então Deus não pode agir, porque a glória sempre será de Deus e Ele não divide sua glória com ninguém. Temos que subir ao púlpito para adorar a Deus e somente a Ele, e não nos importar também em agradar o homem quando cantamos, tocamos. 

Claro, que sempre devemos dar o nosso melhor, mas temos que ter em mente que quando adoramos a Deus com nossas vozes, instrumentos, é para Deus, e não para a líder de louvor, não a líder da igreja. Temos que respeitar sim suas orientações, mas sempre dar o nosso melhor a Deus para que Ele receba como incenso suave e agradável as suas narinas. Que possamos dar sempre nosso melhor  para honra e glória do nosso Deus!!! Amém!!!