quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Tenha controle!!! Não exploda!!!

"O longânimo é grande em entendimento, mas o que é de espírito impaciente mostra a sua loucura." Provérbios 14:29

Conta-se a história de um monge que tinha o hábito de explodir em acessos de fúria e culpar seus companheiros quando as coisas davam errado. 

Decidiu afastar-se da causa de seus problemas e foi para um mosteiro do deserto, onde praticamente não tinha contato com outros seres humanos.

Certa manhã, após instalar-se em sua nova morada, esbarrou acidentalmente no cântaro de água e lhe derramou o conteúdo. 

Ficou enfurecido, mas não havia ninguém por perto a quem culpar. 

Encheu novamente o cântaro. 

Pouco tempo depois, o mesmo fato se repetiu. 

Num ímpeto de ira, arremessou o cântaro ao chão, fazendo-o em pedacinhos.

Depois de acalmar-se, começou a refletir e chegou à conclusão de que seu mau humor era problema dele mesmo, e não dos outros.

Desconheço o Autor


Colaboração de um Amigo de Deus

Boa tarde amados!!!
Esse texto recebi por e-mail e gostei muito porque isso já aconteceu muito comigo e gostaria muito que nunca mais pudesse passar por essa situação.
Sempre que eu tinha em minha mente problemas, principalmente financeiros, tinha que descontar em algo ou alguém, e, quando fazia isso contra alguém, que sempre era minha filha ou meu marido, me sentia a pior das esposas ou mãe. Era uma sensação terrível, e, para minha filha ainda pedia desculpas, mas para meu marido, nem sempre.
Quando descontava nas coisas era sempre assim: se eu estivesse lavando roupas, e, minha máquina não anda bem já faz algum tempo, eu gritava com ela, amaldiçoava com palavras do tipo: você não presta, sua porcaria, achando que com essa atitude minhas contas seriam pagas sozinhas, meus problemas se resolveriam, ou algo iria mudar...
Se eu estivesse estendendo roupas e caísse algo no chão e sujasse, pronto!!! Amaldiçoava até a quinta geração, e, ainda era tola o suficiente para dizer: Tá vendo Deus, poxa vida, tudo de ruim acontece comigo....
Amados e, essas atitudes, esse descontrole não resolvia absolutamente nada!!!
Pelo contrário, somente piorava porque além dos problemas atuais, também tinha a maldição que tinha jogado nas coisas que Deus me deu, nas pessoas que me cercam: filha e marido, e, amados, vamos combinar: ninguém tem obrigação ou "saco" de aturar uma pessoa assim do lado né???
Tinha momentos que eu não me aguentava!!!
Graças a Deus que fui melhorando, e, ainda tenho muito a melhorar porque as vezes da um chilique kkkk.
Amados que possamos ser sempre pacientes, abençoadores mesmo quando as situações não estão bem. Pense em algo: nosso esbravejamento não vai alterar as coisas...
E devido nossas murmurações, nosso descontrole, Deus não pode operar, porque nossa atitude somente prova que não confiamos Nele...
Existem um versículo que acho muito profundo porque amados, posso estar escrevendo tudo isso, mas tenho que lutar para não ser reprovada com minhas atitudes todos os dias, porque como já fiz essas coisas inúmeras vezes, tenho que cuidar para não cair...
Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado. 1 Coríntios 9:27
Que possamos amados vigiar todos os dias para não perdermos o controle e pecar contra Deus, e, entristecer o Espirito Santo com nossas atitudes..
Que Deus fale grandemente ao seu coração...