terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Não murmure no deserto!!!



E te lembrarás de todo o caminho, pelo qual o Senhor teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não.
E te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conheceste, nem teus pais o conheceram; para te dar a entender que o homem não viverá só de pão, mas de tudo o que sai da boca do Senhor viverá o homem.
Nunca se envelheceu a tua roupa sobre ti, nem se inchou o teu pé nestes quarenta anos.

Boa noite Amados do Pai!!!
Quantas vezes você já esteve no deserto???
Eu vejo o deserto como um lugar de aprendizado, de aprendizado, sofrimento também sim, claro, mas quando passamos pelo deserto aprendemos a buscar e depender mais de Deus. Saímos do deserto mais fortalecidos, e, com o diz na imagem, Deus nos leva ao deserto para recomeçar uma história em nossas vidas.
No caso dos versículos citados acima, quando Moisés guiou o povo para fora do Egito, passou pelo deserto, por momentos de fome, medo, humilhação, onde Deus provou a fé do povo e dele também. Lá eles experimentaram situações que jamais imaginariam que passariam, e, não é diferente agora também.
Muitas vezes nos achamos os donos do pedaço, achamo que tudo está em perfeita harmonia, que somos merecedores de bençãos, e, que Deus nos dará tal pedido, mas ai quando passamos  pelo deserto, é lá que Deus provará nossa fé, é lá que estaremos propensos as murmurações, as blasfêmias, enfim, lá será o lugar onde Deus nos moldará, nos testará se O amamos e estamos firmados nEele ou não.
Quando li a história de Moisés cheguei a pensar: se eu estivesse no lugar dele jamais aguentaria passar sem murmuração. Eu murmuraria na primeira prova, porque além dele ter que conter a língua dele, também tinha que dar conta e comandar o povo para não murmurar contra Deus.
Mas o Senhor é tão fiel que no tempo em que passaram no deserto suas vestes não envelheceram e não faltou o que comer nem beber, e, até do Sol Deus os protegeu, e, não é diferente hoje em dia amados. Quando passamos por lutas, pelo deserto Deus sempre manda um anjo sem asas, costumo dizer, para nos ajudar, para enviar alimento, palavras de conforto, e não nos deixa perecer em momento algum.
Nós que somos muito ingratos e só murmuramos. Não nos contentamos com nada...
Amados vamos vigiar mais e, se você está passando pelo deserto, insista, persista e não desista jamais, porque logo mais você colherá do melhor dessa terra, e Deus há de lhe abençoar e honrar.

Que Deus os abençoe poderosamente....