terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Ensina a criança o caminho que deve andar....

Ensina à criança o caminho que ela deve seguir; mesmo quando envelhecer, dele não se há de afastar. Provérbios 22:6

Boa tarde amados!! Antes de ler o livro: Dê as chaves aos seus filhos eu tinha um entendimento sobre esse versículo, mas terminei de ler hoje e tenho uma outra visão que realmente faz todo o sentido... Eu entendia que ensinar a criança o caminho em que ela deve andar era simplesmente incentivá-la a ler a bíblia, dizer a ela o que é certo ou errado, como: não pode falar palavrões, não pode desejar o mal ao amigo, você não deve mentir porque senão estará do lado do diabo, entre outras coisas, mas ensinar a criança o caminho vai muito mais além disso...

É como mostra o exemplo; temos que ser exemplo e muitas vezes pegar pela mão e ensinar na prática como é que deve ser, e, não adianta eu dizer para minha filha que não pode falar palavrão se derrubo um copo e faço isso, ou se quando alguém me maltrata eu a amaldiçoo... Temos que vigiar em tudo que fazemos porque a criança observa muito mais que imaginamos.

Outro dia eu disse para minha filha não deixar a toalha jogada em qualquer lugar da casa, e, ela virou pra mim e disse: mas você também deixa... Eu disse: realmente eu deixo, por isso vamos ter que aprender juntas e se eu deixar você me corrige e vice versa porque sou falha, o que posso fazer????

Esse livro me despertou para uma parte do ensino que nunca havia pensado, pois ele nos ensina a sermos pais acelerados, ou seja, criar os filhos ensinando-os a buscar a Deus com suas próprias pernas, não os afastando do perigo, mas ensinando-os a como se livrar desse perigo.

Olha esse trecho: Criação contida é criar os filhos na defensiva, baseando-se no medo - medo de que nossos filhos ouçam ou experimentem algo que roube deles sua inocência. A criação contida tem mais a ver com proteção do que com compromisso. É um tipo de criação em que colocamos nossos filhos no banco de trás e os levamos para dar uma volta, como se fosse um passeio turístico. É um modelo de criação no qual raramente eles "assumem o volante" para experimentar a emoção de dirigir sozinhos. (Página 24).

Essa criação contida é o que costumamos fazer, e, existe em praticamente todos os lares, pelo menos na maioria.... Quando usamos a forma acelerada permitimos nossos filhos de aprenderem com a mão na massa, vendo a vida como ela é...


Se queremos que nosso filhos busquem a Deus de todo o coração por si mesmos, temos que buscar também... Não adianta cobrarmos de nossos filhos para lerem a bíblia se eles não nos veem lendo nenhuma vez no dia, ou pedir pra que orem se eles não nos veem orando nunca... A partir do momento que  eles verem isso em nós se interessarão mais, e com certeza vão querer praticar também, e tenho certeza que terão experiencias maravilhosas com nosso Deus.

Amados orem por seus filhos, e quando tiverem oportunidade, (que creio que todos os dias encontramos oportunidades), orem com eles. Permita que eles participem das leituras bíblicas, das orações....Olhem mais um trecho do livro que lindo:

"Quanto mais penso sobre isso, mais entendo que não há situação na vida, seja difícil ou gloriosa, em que não possamos usar a oração.
Quando seu filho não vai para a turma do professor que você escolheu, oração é a resposta. Quando é preciso decidir entre o balé e o futebol, oração é a resposta.
Quando seu filho está tendo alguma dificuldade ou sofrendo algum tipo de bullying, oração é a resposta. Na verdade, a solução de todo revés que há ao longo da sua vida está na oração. " (Página 239).


Livro Dê as chaves aos seus filhos
Autores: Adam Stadtmiller & Karie Stadtmiller