quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Menos murmurações, mais agradecimentos!!!

“Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas.” (Fp 2.14)

Boa tarde amados!!!!  É muito mais fácil abrir a boca para murmurar do que para agradecer... Oramos por várias coisas, diversas situações e, se algo dá errado culpamos a Deus, como se Ele tivesse a obrigação de nos atender na hora e momento que achamos conveniente...

Não é bem assim que funciona amados!! A Bíblia nos instrui a dar graças por todas as coisas. I Ts 5:18.

Quando nos diz para darmos graças por todas as coisas, não é somente o que julgamos conveniente ou não, mas TODAS, tanto boas como ruins. Não que devemos aceitar o mal em nossas vidas, mas temos que dar graças pelo pouco, ou na adversidade, para que possamos merecer o muito. Não adianta acharmos que Deus é bom somente quando tudo vai bem, e, quando Ele nos atende.... 

Se pedimos algo a Deus e Ele não nos atende até quando achamos conveniente, das duas uma: ou não é o tempo de receber devido nossa falta de preparo para receber, ou não é da vontade de Deus que se concretize determinado pedido em nossas vidas. Deus conhece nosso amanhã e sabe identificar se o que pedimos será benção ou se teremos dor de cabeça com o que pedimos. Ele sabe de todas as coisas. E amados, acredite: não adianta nada ficarmos murmurando... Sei que não é fácil porque também sou errante, quando não vemos acontecer nada que clareie a situação nossa primeira atitude é murmurar e achar um culpado, que pode ser nosso cônjuge, nossos filhos, Deus.... Mas erramos com essas atitudes, devemos ter fé em todo o tempo e confiar em Deus... Viver pela fé... Jesus quando viveu na terra como homem vivia pela fé... Ele cria em todo o tempo.

Quando Ele pregava para a multidão e não tinha alimentos senão alguns peixinhos e alguns pães, o que Ele usou ali foi a Sua fé e acreditou na multiplicação. (Mateus 14:13-21).

Quando Ele curou o cego fazendo uma mistura de  saliva com terra foi um ato de fé amados. (João 9:1-10).

Se praticássemos a fé  não sofreríamos tanto, e, consequentemente não murmuraríamos... Seriamos muito mais felizes, com certeza...

Que Deus fale mais ao seu coração!!!