quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Não murmure, mas agradeça!!!

Então disse o SENHOR a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco. E eis que endurecerei o coração dos egípcios, e estes entrarão atrás deles; e eu serei glorificado em Faraó e em todo o seu exército, nos seus carros e nos seus cavaleiros, E os egípcios saberão que eu sou o SENHOR, quando for glorificado em Faraó, nos seus carros e nos seus cavaleiros. E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles. E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro. Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o SENHOR fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas. E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes como muro à sua direita e à sua esquerda. E os egípcios os seguiram, e entraram atrás deles todos os cavalos de Faraó, os seus carros e os seus cavaleiros, até ao meio do mar. E aconteceu que, na vigília daquela manhã, o SENHOR, na coluna do fogo e da nuvem, viu o campo dos egípcios; e alvoroçou o campo dos egípcios. E tirou-lhes as rodas dosBseus carros, e dificultosamente os governavam. Então disseram os egípcios: Fujamos da face de Israel, porque o SENHOR por eles peleja contra os egípcios. E disse o SENHOR a Moisés: Estende a tua mão sobre o mar, para que as águas tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros. Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o mar retornou a sua força ao amanhecer, e os egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o SENHOR derrubou os egípcios no meio do mar, Porque as águas, tornando, cobriram os carros e os cavaleiros de todo o exército de Faraó, que os haviam seguido no mar; nenhum deles ficou. Mas os filhos de Israel foram pelo meio do mar seco; e as águas foram-lhes como muro à sua mão direita e à sua esquerda. Assim o SENHOR salvou Israel naquele dia da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar. Êxodo 14:15-30

Boa noite amados!!! Não sei o problema que está enfrentando nesse momento, mas se ficar se lamentando, murmurando diante da situação não resolverá o seu problema, mas pelo contrário, só vai aumentar mais ainda, porque Deus trabalha conosco e quer nos ver confiantes Nele no meio do deserto. É muito fácil louvar, glorificar, estarmos de bom humor quando tudo vai bem: quando não há problemas no relacionamento, financeiros, a saúde vai bem... mas e quando estamos no deserto? O desemprego aparece, a saúde fica abalada, a família desestruturada, as finanças de mal a pior... Quando Moisés estava tirando o povo do Egito, foi necessário passar por muitas coisas para que Faraó amolecesse o coração,mas mesmo assim imagine só... O Faraó liberou o povo e permitiu que fossem embora do Egito e quando Moisés se deparou com o Mar Vermelho a sua frente, tinha o povo imenso murmurando nos ouvidos dele, os soldados do Faraó vindo atrás deles para mata-los, mas mesmo assim, Moisés não murmurou, não xingou, mas confiou em Deus, na provisão de Deus... Muitas vezes amados passamos por lutas financeiras e só vemos o problema aumentar e oramos, oramos e nada acontece? Mas qual tem sido o seu " Mar Vermelho"??? As finanças? Doença? Desentendimentos familiares? Desemprego? Seja qual for amados, temos que entender que no deserto ficamos mais fortes, experientes, aprendemos a honrar a Deus e glorificá-lo e quando não murmuramos, Deus age a nosso favor.... Mas existem pessoas que passam por lutas atrás de lutas: o carro quebra, a família vive em pé de guerra, as contas se multiplicam, ai oram, oram, mas no meio dessa luta toda existem palavras como: "comigo nada dá certo" , "nunca vou sair dessa situação" , "minha filha é um lixo" , "meu marido é uma praga" , "esse carro só dá problema" , "nunca vou me livrar dessas contas" , "eu nasci pra sofrer mesmo" . São palavras em cima de palavras de derrotas, fracassos, que o inimigo adora ouvir, e quanto mais ele ouve, mais ele age na vida da pessoa, a levando para o fundo do poço... E essa pessoa não compreende que o poder está nas palavras que ela diz. Mas não adianta amados dizer palavras positivas por uma semana e o restante do mês achar que vai ganhar na megassena, os problemas irão terminar, tudo num passe de mágica. Não é assim que Deus trabalha... Ele muitas vezes usa o deserto para lhe ensinar algo... Ele quer que você o glorifique, o agradeça pelo minimo que tem. Seja fiel no pouco que no muito te colocarei. Mateus 25:21.

Amados, sei que existem situações que parecem não terem fim, mas muitas vezes elas não terminam por nossa culpa mesmo. Declaramos o dia inteiro derrotas para nossas vidas, e isso influencia e muito... Mas existem pessoas que não compreendem...

Imagina Moisés, além de ter seus próprios problemas, ter que ouvir as murmurações do povo, e não abrir a boca para compactuar dessas reclamações, mas ao invés disso, os defender diante de Deus... Amados não foi fácil e sei que muitas vezes não é fácil para nós também. Mas depende de nós mesmos muitas das vezes para sairmos do deserto... No deserto temos que glorificar a Deus amados, agradecer pelo pouco que Ele está nos permitindo ter, para que Ele nos coloque no muito... As vezes amaldiçoamos nossos pertences e até nossos familiares, e, Deus não se agrada disso. 


Que essa palavra fale mais ao seu coração amados...

Que possamos rever nossas palavras, nosso pensamentos,e, nos policiar diante das situações... Vamos usar nossa boca para declarar vida para tudo e todos que direcionarmos nossa voz....