terça-feira, 8 de março de 2016

Não se lamente pelo que perdeu...

Vocês não sabem que, de todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio. Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso, para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre. Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo e não luto como quem esmurra o ar. Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado. 1 Coríntios 9:24-27

Boa tarde amados!!! Que palavra abençoada!!!
Amados temos o terrível costume de nos lamentar por alvos não alcançados, por algo que perdemos, e, nos esquecemos de lutar por aquilo que poderá vir em nossas vidas, então perdemos muito tempo nos lamentando e o tempo vai passando cada vez mais rápido amados...
Nos versículos acima o prêmio é relacionado a salvação, a absorção da palavra de Deus, porque muitas vezes pregamos bem, pregamos uma palavra abençoada e temos que lutar para ao final dessa pregação nós mesmos sermos reprovados, ou seja, nós mesmos estarmos cometendo um erro, a desobediência da palavra ou algo pior...
Quando estamos recebendo a palavra de Deus através do pastor, essa mesma palavra que sai da boca do pastor, também é ministrada primeiramente pra ele mesmo irmãos, e, imagine só Deus colocar uma palavra no coração do pastor e ele mesmo não estar vivendo essa palavra ,e, no final dela, ele mesmo ser reprovado por Deus. Como quem diz: você pregou o que lhe pedi, porém você mesmo não vive essa palavra.
Imagine ouvindo isso de Deus. Eu coloquei o pastor como exemplo, mas passamos por isso todos os dias, quando vamos ministrar algo bom na vida de alguém, algo de Deus mesmo na vida do nosso próximo.
Eu mesma já falei inúmeras vezes sobre confiança, sobre não desistir, não desanimar, não se entristecer com o que as pessoas falam, mas eu mesma estar nessa condição de largar tudo...
Amados, somos falhos, isso é fato.
Amados ouvi uma pregação linda e maravilhosa hoje que falou grandemente ao meu coração que dizia: minha alegria não pode estar condicionada aos bens materiais que não tenho. Se eu não tenho um carro amados, isso é ruim, é uma necessidade sim, mas vivo sem ele, e, isso não pode tirar minha alegria. Nada amados, pode roubar minha alegria. Deus somente vai nos dar aquilo que precisamos, que necessitamos e no tempo Dele e não no nosso.
A ansiedade não pode tirar minha alegria amados. As vezes ficamos tão ansiosos por alguma coisa que falamos palavras de baixo calão, murmuramos, brigamos com nossos entes queridos, por não conseguir no nosso tempo alcançar tal objetivo.
 A um tempo próximo atrás, eu ficava nervosa demais porque não conseguia reformar minha casa, que é antiga e precisa de muito e muitos reparos. Isso me entristecia de tal forma que eu pensava: poxa, sou casada a 16 anos e minha casa permanece nesse estado, então nunca vou conseguir realizar esse sonho, ter uma sala decente pra minha filha brincar, meu quintal arrumadinho com um portão decente, tudo no seu devido lugar, e, ai começava a sessão lamentações da Terezinha. Isso devia ser uma chatice pra meu esposo... Eu no lugar dele não aguentaria (risos).
Mas ai comecei a pensar com a ajuda só Senhor Jesus, que devo descansar Nele, e não sofrer com essa situação. Então pensava nas pessoas que perdiam tudo com as enchentes, as pessoas que não tinha um teto pra morar, ou, se tinham, não possuíam felicidade, porque muito tem riquezas, poderes, mas não são felizes, não são completos, e, isso eu não quero.
Não troco felicidade por riqueza... por bens... por poderes...
Uma vez disse ao meu marido: Deus nos conhece a fundo, mas até que a nós mesmos, então, se for pra Ele me dar um carro do ano e eu mudar minha essência, então prefiro não ter o carro... não quero ser mais que ninguém, quero ter sim um carro por exemplo e que eu possa levar e trazer um irmão da igreja, para minhas amigas não tomarem chuva, pra levar minha filha pra passear, pra não ter que pagar para o mercado entregar minhas compras, pra não perder aquela promoção num mercado distante simplesmente porque não tenho um carro, e, não pra menosprezar ninguém amados...
Vamos entregar nossos sonhos, nossos objetivos e projetos nas mãos de Deus. As vezes nos martirizamos pelo que não temos, pelo que perdemos, enquanto Deus tem algo grandioso pra nós amados, muito melhor do que aquilo que perdemos...

Depois que Jó orou por seus amigos, o Senhor o tornou novamente próspero e lhe deu em dobro tudo o que tinha antes. Jó 42:10

 Deus deu a Jó em dobro tudo que ele havia perdido amados. Deus restituiu sua sorte, mas Jó em momento algum murmurou, amaldiçoou Deus ou desanimou. Após liberar o perdão aos seus amigos Deus lhe restituiu tudo em dobro amados...
Não olhe para o passado amados, entregue a Deus o amanhã e Ele cuidará para que recebamos no tempo oportuno o que tem de melhor para as nossas vidas.
Que Deus fale aos corações...